A esperança é a última que morre

Com este ditado inicio nossa conversa de hoje.

Sabem,  a caridade tudo alcança e renova.

A fé é um dom maravilhoso que Deus nos presenteou.

Mas, a caridade que permanece e a tudo modifica deixa-nos uma visão completa do que é a vida.

Deus é amor e sua ternura abraça toda criatura.

Um Pai amoroso e terno, bem como fraterno, não deixará seus filhos e irmãos perecerem. Isto, jamais!

Sua criação, saída Dele mesmo não pode ser para Ele estranha, penosa, imprópria.

Imprópria é a nossa visão, cheia de lados e preferências.

Como tirar um dogma de nossa vida? Colocando outro no lugar. Esta é a prova de que ainda temos muita imperfeição e ignorância a serem combatidas e vencidas.

Não há mais o dogma do Purgatório. Sim. Como o purgatório começou, ele terminou.

Sem cabimento é um padecimento num inferno  e um céu injusto.

O paraíso ou a danação da alma não são locais físicos mas estados da mente.

Voltando à morte da esperança, que deixa de existir por último, a caridade a vivifica novamente. Para que, com esperança e fé,ultima-esperança vejamos um novo dia clarear e a tudo modificar. Fazendo nosso céu ser agora, com Jesus habitando nosso coração e nos dando a conhecer a verdadeira face de Deus.

Assim, o inferno não será mais o outro, nem nós mesmos; mas será uma opção de quem não conhece a esperança de renascer.

A paz!

Helder Camara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s