A Simplicidade do Mestre Jesus

Nosso Querido irmão e Mestre Jesus Cristo esteve pisando este chão e nos deixou o seu exemplo de vida austera e sóbria.

A sobriedade ou temperança é um dom do Espírito. Ora, o Doador dos Sete Dons ou da totalidade dos dons houve por bem dispensá-los a quem Ele mesmo quisesse.

O Espírito não tem forma , mas pelo nosso grau de entendimento e percepção pode ser uma trindade, uma figura ou o fragor das cascatas…

Quem jamais viu a Deus? Quem lhe daria um nome? Quem ousaria comprar o Amor? Seria tratado com desprezo.

Pois, bem. Nas suas andanças terrenas Jesus foi espalhando os dons de seu Pai e agora nosso Pai-Deus. Um Deus próximo e com cara de mãe, porque é criador-doador-nutriz.

Então, vivemos na abundância de dons espirituais e nos queixamos de viver na indigência? Sim, muitas vezes somos mendicantes por ignorância.

Na crucifixão o Homem de Nazaré pediu por nós. Não sabíamos o que fazíamos. Humanidade ainda dormente e atormentada por vã-glória. Este mesmo Jovem escarnecido, não sentia-se menor pelos sofrimentos a Ele impostos. O Homem das Dores não soltou gemido. O Evangelho do Discípulo Amado conta que Cristo soltou um grito: como o de mulher tendo dores de parto. Assim, nasce o novo homem. Não mais do barro ou de costela emprestada do lado. Nasce do lado de Jesus aberto donde jorrou toda luz necessária dali por diante.

Misericórdia é o que eu quero e não o sacrifício ( diz a passagem bíblica).

Neste dia do Senhor =Domingo, onde celebramos a Vida e a Morte do Filho de Deus e Filho do Homem, saibamos fazer jus ao Sangue e Água recebidos do alto daquele madeiro infame.

Santa Cruz? Quem diria?!

Passados mais de dois mil anos ainda não ascendemos nem fomos assuntos ao patamar de pensar numa tão grande dádiva como a vida no porvir.

A Tomé Ele soube mostrar suas chagas, aos discípulos reunidos em oração soube deixar o seu Shalom, à sua Mãe soube elevá-la com ternura.

A nós, deixou-nos o Espírito Consolador. Ainda por muitos desconhecido. Ele está por aí, nas ruas e praças chamando para que venham todos saciar-se gratuitamente.

Quem o escutará?

Quem irá a Ele?

A decisão é tua.

Paz e Bem.

Helder Camara

São Paulo, 23 de agosto de 2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s