Uso e abuso

Para cada dia Deus manda uma infinidade de mensageiros seus para esclarecer seus filhos que estão na Terra.
Alguns, vindo de longe para instruir, confortar, alentar, rezar. Resta saber se aqueles que estão encarnados conseguem haurir da magnitude de seus conselhos.
Lembrando que o Conselho é um dos dons do Espírito Santo.
Só que, como tantos outros, este também está sendo vilipendiado porque o desconhecem, ou então, fazem uma ideia distorcida do que seja este ou aquele valor.
Aconselhar alguém é mostrar a face bondosa e sábia do Deus da Vida que chama e conclama para o Amor. Amor a si mesmo e aos irmãos. Um conselho que não venha com este objetivo está equivocado.
Bem como nos outros dons (que são presentes) como a coragem, a ciência, a piedade – para citar três, e os demais lembro que vêm de Deus e Ele quer a vida para os seus!
Então, quando consultar a si e aos demais, pense na ousadia daquele jovem nazareno que convidava: “Vinde a Mim, vós que estais cansados e abatidos e eu vos aliviarei…”
Abraços do amigo e irmão,
Helder Camara

Vem chegando o carnaval
Ontem algo me chamou a atenção quando escutei um jovem dizer: o Brasil é o coração do mundo, a pátria do Evangelho; como pode ser a terra do carnaval? Eis uma pergunta intrigante.
Convido você que lê estas linhas a refletir sobre os abusos que acontecem nesta época que está prevista para ser três dias para descansar a ‘carne’. Que coisa! Os momentos de reflexão que antecedem o tempo quaresmal agora se transformaram em algo radicalmente estranho à intenção primeira que é preparar um campo fecundo de silêncio e de recolhimento para iniciar os quarenta dias preparatórios para a grande festa da Páscoa. A mais importante do ano.
O que dizer da Páscoa? Relegada ao simbolismo vigente como tempo de vendas deste ou daquele produto?
Todo tempo é momento de se pensar em Deus, de rezar a Jesus – o nosso irmão, de tomar decisões e atitudes acertadas em defesa da vida.
Preparemos o terreno para que Deus nele possa fazer sua morada.
Convidemos o Cristo para adentrar em nossos lares. Lembremos-nos de Seu Evangelho.
O Brasileiro é alguém cordial. Que as cordas de nosso coração sejam o amor-caridade e o respeito que trazemos cultivados no nosso dia-a-dia.
Abraços, da equipe de apoio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s